Novembro foi um mês repleto de novidades e surpresas aqui no “universo” Boonzi! Fomos finalistas do Lisbon Challenge, a equipa cresceu, mudamo-nos para a Lispolis, começamos a trabalhar nas mobile apps, entre muitas outras novidades que partilhamos abaixo!

Fomos finalistas do Lisbon Challenge

De Setembro a Novembro estivemos a participar no Lisbon Challenge, um concurso e programa de aceleração transatlântico para startups inovadoras que objectivam crescer e internacionalizar-se. Das 500 candidaturas, o Boonzi foi uma das 75 startups escolhidas para participar no programa.

Durante os 3 meses do programa participamos em workshops, formações, e sessões 1-on-1 com mentores e investidores que nos ajudaram a validar e refinar a nossa estratégia e modelo de negócio. Em Novembro foram comunicados os 25 finalistas que teriam direito a fazer “pitch” perante um painel de investidores – e o Boonzi estava entre os finalistas!

A final decorreu durante o Explorers Festival. No meio de algum nervosismo, fiz o nosso pitch que destoou um pouco dos restantes – somos orientados ao cliente, e acreditamos em resultados passo a passo, ao invés do (perfeitamente válido) “go big or go home”.

explorers-fest-2

Não vencemos, mas termos chegado à final foi para nós uma grande vitória! O Nuno Machado Lopes – um dos elementos do juri – publicou um artigo interessante sobre o mundo das startups, que nos encheu de orgulho ao elogiar a nossa postura:

“[…] ainda existem alguns startups (empresas) lideradas por pessoas com cabeça. Em vez de dominarem o mundo ou morrerem na praia a tentar, a Boonzi surpreendeu o júri do Lisbon Challenge quando respondeu que preferia ir passo a passo, com receitas e um crescimento sustentado, em vez de invadir o mundo.” (ler mais)

Aproveitamos para deixar os nossos parabéns e votos de sucesso aos fantásticos vencedores. 🙂

Menção Honrosa nos prémios Exame Informática 2013

Conforme já tinhamos partilhado, foi com orgulho e surpresa que recebemos uma Menção Honrosa nos Prémios Exame Informática 2013 na categoria Software.
O Boonzi, o nosso bebé com 11 meses de vida, no meio de gigantes como a Sony, HP, Porto Editora, Samsung ou Vodafone! Quem diria. 🙂

Top 50 Hottest Startups in Portugal

O startups.pt elegeu o Boonzi como uma das 50 startups mais “hot” de Portugal, numa avaliação que usou como critérios o factor disruptivo da startup, o impacto global, a estratégia de comunicação e “buzz” nos media, e o interesse para investidores. Veja aqui a lista completa.


hotteststartupsportugal-600x0

Interesse de investidores

No meio de tudo isto, foram vários os investidores que demonstraram interesse no Boonzi. Estamos próximos de conseguir o bootstrapping no primeiro ano, e como ficou patente no nosso pitch do Lisbon Challenge este é um dos objectivos que tínhamos definido à partida e que pretendemos cumprir. Posteriormente passaremos à fase de ganhar escala, e esse será o momento ideal para nos sentarmos com investidores.

Mudança de postura dos bancos

Durante Novembro fomos contactados por vários bancos portugueses, objectivando avaliar sinergias win-win-win – o terceiro win é para os nossos clientes. 🙂
Temos vários cenários em estudo e estamos convictos que 2014 reservará excelentes notícias neste âmbito para todos.

Instalamo-nos na Lispolis

Em Novembro mudamo-nos definitivamente para o Centro de Incubação e Desenvolvimento da Lispolis. Já nos ambientamos à nova casa, e estamos completamente satisfeitos – boas instalações, transparência no serviço, muito sossego apesar das dezenas de empresas aqui sediadas e acessos fantásticos. Não podíamos pedir mais!

lispolis

Bem-vindo André!

Uma das nossas principais lacunas ficou preenchida em Novembro, com a entrada do André que veio para puxar para o patamar seguinte os interfaces gráficos e user experience do Boonzi. Já desejou as boas vindas ao André? 🙂

Estamos atrasados…

Com tudo isto, não só atrasamos (muito!) os planos para as próximas versões do Boonzi que tinhamos anunciado aqui no blog, como tivemos que fazer algumas alterações.

…mas já estamos a trabalhar nas mobile apps

apps

As “releases” de Mega-Budgets e Forecast foram adiadas (ficaram a meio), e colocamos como prioridade as releases de Mobile e Cloud-sync. Como havíamos indicado, o desenvolvimento das apps está a ser feito “in-house” (isto é, por nós) e ainda estamos a aprender a dominar as tecnologias de desenvolvimento para Mobile (estamos a apostar em Steroids.js), mas esperamos lançar (finalmente!) uma versão simplificada das apps para registo de despesas “on-the-go” durante Janeiro.

Está a ser um final de ano alucinante. Será um indício do que nos espera em 2014? 😉

Etiquetas

Gostava de gerir melhor o seu dinheiro?