O debate acerca da importância da poupança de energia está na ordem do dia. E, de facto, não é para menos. A verdade é que a sustentabilidade do planeta e de toda a geração futura é uma questão a ter em muita conta, assim como a necessidade da própria poupança diária de cada um. Infelizmente, nem todas as pessoas se consciencializaram ainda sobre este tema, continuando, portanto, a gastar mais do que deviam. Se se revê nesta situação e ainda não prestou muita atenção a este assunto, pense assim: quanto mais preocupado for com os gastos de energia, mais facilmente consegue poupar com as despesas e ainda ajuda o meio ambiente!
E não pense que é assim tão difícil mudar os seus hábitos no consumo de energia, apenas necessita de praticar outro tipo de acções no dia-a-dia, assim como optar por escolhas mais ecológicas para a sua casa, como, por exemplo, privilegiando as lâmpadas LED, um produto que, ainda hoje, suscita imensas dúvidas, no que toca à sua eficiência e durabilidade.

Será que o investimento em lâmpadas LED vale mesmo a pena?

led-lamp-695077_1920

Sim, sem dúvida! Na verdade, este tipo de iluminação, ao contrário do que acontece com a mais tradicional, só lhe traz grandes vantagens, quer ecológicas, quer económicas. Mesmo para a própria certificação energética do seu imóvel, é uma escolha que lhe pode beneficiar bastante. Veja aqui algumas razões que o justificam:

  1. As lâmpadas LED têm uma eficiência energética superior a quaisquer outras, visto que permitem uma poupança até 80% no valor da sua factura mensal da electricidade;
  2. Têm uma durabilidade muito acima das convencionais. Se o seu uso não for constante, consegue ter uma lâmpada LED a funcionar por vários e longos anos, sem que haja necessidade de trocá-la;
  3. O seu tempo de vida mais longo permite uma menor manutenção, o que faz com que diminuam também todos os seus custos associados;
  4. Devido ao facto de não emitirem calor, pode usá-las em qualquer espaço da casa, quer seja frio, quente, amplo ou pequeno. Pode também colocar uma iluminação LED junto de aparelhos que alterem a temperatura do ar, como o ar-condicionado ou o radiador;
  5. A cor branca emitida pelas lâmpadas LED permite-lhe ver com uma melhor clareza e confere um melhor conforto aos seus olhos;
  6. Por serem accionadas por meio de um chip, a sua luminosidade total é mais rápida, forte, abrangente, uniforme e mais constante ao longo de todos os seus anos de vida útil, sem que existam perdas de luminosidade ou de energia, nem quaisquer falhas, mesmo que estejam expostas a alterações da temperatura ambiente;
  7. As lâmpadas LED podem ser ligadas através de um controlo remoto, possibilitando-lhe, assim, a compra de um sistema de iluminação inteligente;
  8. São também muito resistentes a impactos externos, como quedas ou rachas, inclusive a sobrecargas e a curtos-circuitos, que tendem a queimar o interior das lâmpadas mais comuns;
  9. A iluminação LED é bem mais vantajosa para o próprio ser humano e mesmo para o espaço em que é colocada, pois não emite luz com infravermelhos nem com radiação ultravioleta;
  10. Por fim, e não menos importante, esta é também a escolha mais ecológica: para além de serem lâmpadas de baixo consumo energético, visto não funcionarem mediante descargas eléctricas, também reduzem as emissões de dióxido de carbono, assim como não contêm gases no seu interior ou elementos químicos contaminantes, como o mercúrio e o tungsténio (volfrâmio), que poluem gravemente o meio ambiente.
lampadas-led-compensam

Não tenha nenhuma dúvida relativamente à compra de lâmpadas LED e troque já o tipo de iluminação que tem em sua casa, que provavelmente lhe está a provocar um grande desperdício de energia e, consequentemente, de dinheiro. E lembre-se: se o seu bolso agradece, o ambiente também!

Etiquetas

Gostava de gerir melhor o seu dinheiro?